Arquivo da tag: tutorial

Como criar um blog ou site no Microsoft Azure com WordPress – Parte 1

Olá!

Já tem um tempo que a Microsoft oferece suporte para VM’s Linux no Microsoft Azure e isso abre várias possibilidades para quem procura alternativas de computação em nuvem.

Hoje a plataforma de nuvem da Microsoft é sem dúvida uma das mais fáceis de ser utilizadas e é bastante fácil criar uma máquina virtual utilizando o sistema operacional Linux.

Nesse post vou mostrar como criar um blog utilizando o WordPress e o Azure e assim aproveitar todos os benefícios que a nuvem traz. É só seguir os passos abaixo e começar a “bloggar”! 🙂

Passo 1: criar uma conta no Windows Azure
1

Primeiro acesse a URL http://microsoft.azure.com e clique no link “conta gratuita” no canto superior da página (é necessário ter uma conta na Microsoft para seguir com o cadastro). Depois é só clicar no botão “Comece agora” e seguir os passos informados na tela.

Passo 2: Logar no portal e adicionar uma VM
1

Depois de logar no portal é preciso adicionar um novo recurso clicando no botão “Novo”, a tela abaixo será exibida e nela devemos digitar no campo de busca a tag “WordPress”:
2

Depois disso deveremos escolher o item WordPress do fornecedor “Bitnami”
3

Passo 3: Criar a instancia da máquina virtual com instalação do WordPress
Após escolher a opção WordPress (Bitnami) e preciso confirmar a criação clicando em “Criar”
4

Neste ponto será aberta uma nova janela para preenchimento das informações do seu blog
5

Preencha as informações solicitadas:

  • Nome: nome da instancia que será criada
  • VM Disk Type: esse campo permite escolher entre um SSD ou um HD convencional (neste ponto acredito que não vale a pena utilizar um SSD pois a quatidade de dados armazenados e de tráfego não necessitará de um hadware tão poderoso)
  • Nome de usuário: nome de usuário que utilizarmos para logar na VM
  • Tipo de autenticação: Tipo que utilizará para autenticar-se (escolhi “senha” apenas para efeitos ilustrativos, mas recomendo utilizar uma chave publica SSH, de todo modo fica a seu critério)
  • Nome: nome da instancia que será criada
  • Senha
  • Confirmar senha
  • Assinatura: a assinatura ao qual esta VM estará associada (e sobre a qual será cobrados os encargos)
  • Localização: onde (geograficamente) será criada a instância (recomendo colocar Sul do Brasil para termos uma resposta um pouco melhor do site/blog)

Após o preenchimento, clique em “OK” para prosseguir.

Passo 4: Escolher o tamanho da VM a ser criada
Neste ponto é muito importante ter uma visão do tráfego esperado pelo site ou blog, para o nosso exemplo vamos considerar que tenhamos acessos moderados, dessa forma não precisaremos escolher uma instancia muito grande. Na realidade vamos escolher a instância “A0” que é uma das menores instancias disponíveis. Caso necessite de outra configuração clique no botão “Exibir tudo” no canto superior direito. Vale lembrar que podemos redimensionar o tamanho da nossa instancia (caso necessitemos) depois que o site/blog já estiver disponível, aliás esse é um dos grandes trunfos da computação em nuvem ao qual chamamos de escalabilidade.
6

Passo 5: Confirmar configurações e recursos
Após o passo 4, será exibida a tela abaixo com a confirmação da criação de recursos, incluindo o ip público que precisaremos utilizar mais adiante.
8

Neste ponto apenas clique em “OK”.

Passo 6: Confirmar a criação da VM
Neste ponto é exibido um resumo de todos os recursos que serão criados, precisamos apeanas confirmar clicando em “OK”.
9

Passo 7: Confirmar compra do serviço
Para que nossa VM passe a funcionar precisamos confirmar a compra dos serviços junto a Microsoft. Nesta tela é exibido o custo computacional (no caso da instancia que escolhemos, a A0, gira em torno de U$ 0,0240 por hora) além dos termos legais da prestação de serviços. Caso esteja de acordo clique em “Comprar” e a partir daí é só esperar a criação da VM.
10

Passo 8: Verificar o IP público da VM
A VM deverá ser criada em torno de 5 a 10 mins, depois de criada precisaremos verificar o ip público (lembra dele?) que será o endereço do nosso blog/site na internet

Para isso precisamos exibir todos os recursos da nossa assinatura, voltando para a página inicial e posteriormente clicando em “Exibir todos os recursos – Todas as assinaturas”
1_1

Nessa lista é preciso localiza o IP público e visualizar os detalhes dele
12

Na janela que abrirá o IP do seu blog ficará na parte superior direita, no campo “Endereço IP”, copie-o.
13

Depois de copiar abra uma nova janela do seu navegador e insira o ip copiado na barra de endereços e “voilà!” seu blog está criado!!
14

Finalizamos a primeira parte da criação, na segunda parte vamos entender como logar no blog, modificar a senha, associar um domínio do GoDaddy ao IP da VM e finalmente como desabilitar o banner do Bitnami que aparece no rodapé do blog.

Para acessar a segunda parte do artigo siga o link: http://flavioveras.com/2016/08/como-criar-um-blog-ou-site-no-microsoft-azure-com-wordpress-parte-2/